5.6.08

a lição

a mestra Polly, uma das cabeças por trás do imperdível Te Dou Um Dado?, já ensinou em seu blog (definitivamente uma das coisas mais engraçadas que existem, vale dizer), e os mui amigos do Bebi Meu Progresso já aprenderam que o negócio é falar mal de si mesmo (ou da vida alheia) e jamais se levar a sério.

o diário aberto mais do que aprova (e faz uso de) esse comportamento no dia-a-dia, mas insiste em ficar sendo um blog... crítico? sentimental?

mas para entrar um pouco na onda da auto-avacalhação, vai a grande (re)descoberta de ontem, a música que me fez chorar rios Amazonas na tenra infância:

MEU CÃOZINHO XUXO
(nessa que é uma das GRANDES interpretações da Música Brasileira).

salve, Xuxa! obrigado por tudo!




Xuxo eu me lembro da primeira vez
em que eu te vi
foi maravilhoso
você olhou pra mim
logo percebi
que com você seria tudo muito mais gostoso


(o choro é algo assim... sem palavras! mas atenção à voz tão sinceramente embargada que nem consegue falar direito e engole "olhou pra mim", aos 3'19" - é de morrer.)

4 comentários:

Alice disse...

até me provocou arrepios...
Xuxa minha DEUSA!!!

Thiago disse...

também chorei com tão bela canção. "é que eu faço tudo para ser uma pessoa BOA, acredito mesmo que meu lugar é no céu", junto do Xuxo.

The human who sold the world disse...

Hahahahahahhahahaha dizem as lendas urbanas que essa música é a confirmação do pacto capeta... hehehhehe

"m" disse...

Quando pequeno, eu ouvia a música e chorava também. Mas meio forçando, meio ator. Sei.

Mas eu miacabo mesmo é na ambigüidade zoofílica.