25.4.05

do DVD

“O Espanta Tubarões”, ao contrário de “Formigaz”, “Vida de Inseto” ou o inigualável “Procurando Nemo”, não traduz o mundo humano para um determinado habitat, optando por copiá-lo. Colocam-se, simplesmente, os peixes vivendo em uma civilização subaquática humana. Por que um peixe usaria elevador ou moraria em um edifício, mesmo no terreno da fantasia?

Mas não é só isso que esvazia sua força de sugestão e seu humor. Apesar do peixe-bolha de Martin Scorcese, não há grandes personagens, nem muito charme, nem sacadas de roteiro que tirem essa animação do terreno da diversão ligeira.

Para um fim de noite em feriado, na companhia de amigos, diverte. Mas, até aí, novelas também.

/

“Sob o Domínio do Mal” coloca bons atores a serviço de uma trama rocambolesca em excesso. Não há credibilidade suficiente na conspiração armada na narrativa, o que faz a tensão cair em descrédito aos olhos do espectador e faz a agulhada política embaralhar-se e doer menos do que poderia (em quem tem que doer, leia-se George W Bush).

Mas, para assistir no feriado, com amigos já um tanto dispersos, não é entediante. Nem ruim. Só fica aquém de suas possibilidades.

/

“Respiro” é um retrato em fotografia estonteante de uma sociedade arcaica. Em uma ilha na Sicília italiana, homens vivem relações emocionais brutas em uma civilização de economia simples e modernidade nula.

É uma pena que Valeria Golino seja atriz sem carisma, sem técnica e sem personalidade para segurar o papel de demônio e mártir desse núcleo familiar e social pedregoso. A loucura e o descontrole de sua personagem emergem (ou flutuam) como verdadeiro respiro na rudeza e limitação de pessoas aprisionadas (não necessariamente para o mal) em suas próprias vidas. Mas falta atriz para que a sucessão de belas imagens e algumas fascinantes cenas alcance o esplendor da tessitura poética e deixe de ser apenas belas imagens e algumas fascinantes cenas.

Para o feriado, com parte dos amigos, é sobremesa para os olhos.

4 comentários:

paulamanzo disse...

e o bebê de rosemary?

paulamanzo disse...

posts muito esparsos. favor corrigir.

Mari Bastos disse...

ah, que coisa! Não gosto de um monte de coisa num post só e depois um monte de tempo sem nada. é melhor chover um pouquinho de cada vez do que inundar a horta! >:\

Anônimo disse...

atualizaaa! eu acabei de virar fã do seu blog e você demora tudo isso pra atualiza? =]