14.10.05

semanas

Tirando muitas semanas de atraso:


Vôo Noturno é uma bobagem. Inacreditável que tenha sido saudado como um suspense eficiente.

/

Hotel Ruanda é confuso na mesma medida em que é grafica e moralmente pesado. Dois bons atores em um filme que, se não é especialmente memorável por suas qualidades cinematográficas, ao menos o é em sua força panfletária.

/

Amor em Jogo são os irmãos Farelli mostrando que em todo coração cheio de piadas escatológicas há também alguma ternura.

/

A Bela do Palco
é o que os franceses chamariam de um “divertimento”. Belo e fluído, com bom elenco, encontra tempo, ainda, para levantar questões pra lá de pertinentes sobre papéis sexuais - em termos sociais, politicos, pessoais e até mesmo sexuais.

/

A Luta Pela Esperança
ao menos tem como qualidade não chegar ao ridículo de um Mente Brilhante. Ron Howard defende o seu, dessa vez, com mais uma história edificante que não esconde a que veio e não decepciona os cientes de suas intenções. Russel Crowe é sempre uma presença a se notar e, há de ser dito, o filme possui seus momentos de manipulação bem feita, deixando o espectador roendo as unhas de angústia. Mas é tão fácil de esquecer como é de ver.

/

Wallace & Grommit
é uma animação visualmente esplendorosa e bastante divertida, mas não é genial como alguns esperavam que fosse.

/

Eros é Wong Kar Wai. Seu episódio, “A Mão”, pode ser considerado um bonus track de Amor à Flor da Pele, mas, como disse um amigo, qualquer bonus track de Amor à Flor da Pele só pode ser uma maravilha. Lindo de morrer (ou de viver?)

2 comentários:

Drów disse...

entrei no porta curtas e estava lá, na primeira pagina
"Se o teatro é uma verdade que parece mentira e o cinema é uma mentira que parece verdade, o que dizer desse filme que revela os bastidores de uma encenação teatral? Dos mesmos diretores de Alice e Ímpar Par.


» Vá ao Teatro, veja Ato II Cena 5"

assisti, e gostei muito!


adorei nossa conversa de hoje, me ajudou muito!

beijos drow

paulamanzo disse...

tirando o atraso hein?