7.11.05

Mostra - premios

Esse blog concede a si mesmo, agora, o direito de premiar os filmes da 29ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Esclarece-se, de imediato, que estavam em competição somente os filmes assistidos pelo signatário destas letras, que, caso haja interesse, encontram-se esmiuçados nas páginas imediatamente anteriores.

PRÊMIO DO JÚRI
Pavão

PRÊMIO DO PÚBLICO
Eu, Você e Todos Nós

PRÊMIO DA CRÍTICA
A Criança

PRÊMIO REVELAÇÃO
O Iceberg

TROFÉU OBRA-PRIMA AFETIVA
2046

MENÇÕES HONROSAS
- Caché
- Estrela Solitária
- Traficante

4 comentários:

marco disse...

hahahaha, detalhe que você é público e crítica ao mesmo tempo. aguarde os resultados do gotardo-dutra.

paulamanzo disse...

eu sou publico tb, vou procurar ver.

rodrick disse...

caché, sem dúvida, tem uma mise-en-scéne tão vigorosa que me lembro da galerinha no cinesesc apavorada sem poder se mexer. fiquei assombrado com o poder do mr. haneke em nos conduzir por duas horas em um universo tão sugestivo e incompleto. pouco sabemos da personagem de binoche, por exemplo, mas ele a dimensiona de maneira tão concreta que quase a tocamos durante o filme. o suspense é tão leve que quase inexiste. no entanto, poucas vezes fui tão torturado assim por um diretor...

ver um filme de haneke é isso: o prazer de se sentir domado.

adiciono apenas um filme em sua selecta lista: aquele doc de 3 horas com bergman. fui assistir com o pessoal da sutil e eles também concordaram: não é um grande filme sobre bergman, mas uma ótima auliha de cinema e uma possibilidade rara de encontrar um bergman informal. e claro: como sempre, um gênio.

abraços em meio ao calor de londrina,

paulamanzo disse...

ok, rafa
agora vamos atualizar?